Conceito

Foi a vontade de encontrar formas alternativas de materialização do potencial cénico (e ambiental) do montado alentejano, que esteve na origem do SAFIRA | Festival de Artes na Paisagem, enquanto acontecimento artístico concebido em estreita ligação com o meio natural que lhe serve de suporte e inspiração.

A paisagem e os elementos que a definem (relevo, vegetação, luz, sombra, água, etc.) constituem a essência do evento e o ponto de partida para o trabalho de modelação espacial que dá origem aos vários pontos de interesse existentes no recinto, onde se desenrolam os espetáculos e todas as outras atividades.

Para além do palco principal, onde decorrerão as atuações noturnas, vários outros espaços foram “desenhados” – em função das especificidades do ecossistema e da paisagem local – para acolher eventos nas diferentes horas do dia, o bosque, de manhã, a arena e o vale, ao fim da tarde…

Neste contexto, e a par de um diversificado conjunto de espetáculos (ver programação), o Safira”aposta” numa componente de land art, enquanto marca importante da sua identidade.

Outros traços identitários do SAFIRA | Festival de Artes na Paisagem:

INTEGRAÇÃO
A beleza da paisagem alentejana constitui o pretexto e o mote do Festival, fornecendo os recursos e o “pano de fundo” que inspiram as obras, os espectáculos, e os momentos de lazer.

ORIGINALIDADE
Um dos objectivos do Festival, é fazer algo diferente do habitual, apresentando, sobretudo, propostas surpreendentes, que não fazem parte da oferta cultural mainstream, e portanto, desconhecidas de muitas das pessoas que nos visitam. A tendência será para aumentar a aposta em obras concebidas no local, em regime de residência artística.

MULTIDISCIPLINARIDADE
Não se trata, unicamente, de um evento de música, dança, ou artes performativas, mas sim de um espaço de cruzamento e partilha entre várias disciplinas artísticas.

ABRANGÊNCIA
É um evento para toda a família, com motivos de interesse alargados a várias faixas etárias, para adultos e jovens.

DIVERSÃO
A ideia do Festival, é proporcionar uma experiência de lazer – de matriz cultural – estimulante e divertida.

O que vou poder fazer no Festival?

Passar um óptimo dia no campo, divertir-me com os amigos e a família, e desfrutar de um conjunto variado e diferente de “acontecimentos” culturais, que irei recordar por muito tempo.

A beleza e o espírito do lugar justificam, só por si, a vinda a Safira.

É sobre este “quadro”, que criamos uma vasta oferta de eventos artísticos e culturais.

SAFIRA, um Festival singular que tem algo para todos, famílias, jovens e adultos.